Associação dos Servidores da Biblioteca Nacional

Associação dos Servidores da Fundação Biblioteca Nacional

Gestão 2019-2021

Ata da Assembleia 15/06/2022

Publicado em 28/08/22

Local: Jardim da Biblioteca Nacional

Pauta:

INFORMES;
ELEIÇÕES ASBN;

VALE TRANSPORTE;

ELEIÇÕES DIRETORIA COLEGIADA;

ENCAMINHAMENTOS.

Mesa: Iuri Lapa (Presidente da ASBN), Ana Rodrigues (VicePresidente da ASBN), Isamara Carvalho (Diretora Financeira da ASBN).

Aos 15 dias do mês de junho de 2022, às 14:30 em segunda e última convocação, reuniramse em assembleia geral os servidores no Jardim da sede da Fundação Biblioteca Nacional, situada na cidade do Rio de Janeiro, Avenida Rio Branco, 219, Centro. A mesa foi composta por Iuri Lapa (Presidente da ASBN), Ana Rodrigues (VicePresidente da ASBN) e Isamara Carvalho (Diretora Financeira da ASBN). Foi iniciada a reunião com a assinatura de todos os presentes e presidida por Iuri Lapa, tendo como pauta: Informes, eleições ASBN, eleições Diretoria Colegiada, ValeTransporte, encaminhamentos. Após a leitura da pauta, Iuri Lapa informou que a diretoria de transição está trabalhando para dar seguimento às atividades da ASBN sem se esquecer das novas eleições e a importância de se formar uma nova chapa.

Thais Almeida informou sobre o interesse do Francisco em formar uma chapa para a nova diretoria da ASBN, pois o mandato da diretoria de transição já vai se encerrar e o trabalho na associação não pode parar, ainda mais nos tempos políticos que temos vivido e que o trabalho corpo a corpo para tentar convenceos colegas que ainda não participaram ativamente da ASBN. Francisco
apontou a importância de estarmos unidos como servidores e chamar outros colegas para a luta, pois o interesse é de todos. Iuri Lapa se disponibilizou a entrar na nova chapa como diretor financeiro e a Thais Almeida ressaltou que ainda faltam pessoas para os cargos de vicepresidente, diretor administrativo e social e diretor de aposentados, cargo extremamente importante devido à situação dos aposentados no país, além do conselho deliberativo e três suplentes. Thais concluiu sua fala afirmando que a associação tem feito um trabalho muito importante frente à Biblioteca Nacional e suas demandas e que 
é hora de os servidores associados retribuírem essa dedicação. Isamara Carvalho pediu a palavra para informar sobre a pesquisa aplicada em maio deste ano.

Isamara disse que apesar de poucas respostas e algumas até desanimadoras, ainda tem pessoas encorajando o trabalho da ASBN e, assim que os dados forem analisados, serão enviados por email aos associados.

Ana Rodrigues informou sobre os descontos que estão sendo feitos pelo DRH no ValeTransporte e as reclamações de vários servidores, pois apesar da manifestação da DRH, alguns casos continuam sem solução. Ana sugeriu um encaminhamento para pedir um esclarecimento por parte da DRH com atendimento individual personalizado, presencial ou online, pois alguns casos
também envolvem outras questões como férias e licença maternidade.

Maria Fernanda destacou que não foi um erro pontual de desconto pois, com o sistema de desconto que adotaram, o DRH estava com o funcionamento prejudicado. Maria Fernanda informou que o DRH enviou um email aos servidores dizendo que consertariam as cobranças erradas, mas, além de não terem retorno sobre os descontos já efetuados erroneamente, não se sabe se haverá um novo método para evitar outros erros. Maria Fernanda propôs a redação de um ofício cobrando soluções do DRH. Iuri informou sobre o email recebido por parte da presidência da Biblioteca solicitando nomes para compor a comissão eleitoral para escolha do novo representante na diretoria colegiada.

Iuri ressaltou que a Luciana Muniz já está há bastante tempo no cargo e para um bom andamento é necessário engajar outras pessoas para que a ASBN continue a participar ativamente e se inteirar dos acontecimentos da Instituição.

Mari Fernanda informou que o processo de votação e escolha dos membros da equipe se dá com a escolha de dois nomes pela Associação e dois nomes dados pelo Gabinete e logo após a informação sai em Portaria para terem sequência os outros trâmites da eleição. Luciana complementou informando que o processo de eleição de membros da diretoria colegiada conta com a ajuda da secretária da Presidência, Patrícia, que poderá ajudar com as dúvidas que surjam. Luciana Muniz ressaltou que essa é uma etapa essencial, pois na época foi uma demanda dos servidores e o Renato Lessa acatou e colocou no estatuto, e que brotou da força e representatividade da ASBN junto à Instituição.

Luciana informou que, durante a pandemia, o trabalho foi feito online e ficamos resguardados num diálogo muito respeitoso pela presidênciaque é importante para sabermos o cenário atual da casa e nos inteirarmos e obtermos conhecimento sobre a administração pública e seus efeitos. Luciana contextualizou sua fala dizendo que a ponte entre servidores e instituição feita pela ASBN no cenário em que estamos é uma tríade significativa e indispensável que vem de uma luta de várias lideranças que estiveram à frente da ASBN ao longo dos anos e que para mantermos o espírito público democrático, devemos chamar as pessoas para participar tanto da Diretoria Colegiada quanto principalmente da Diretoria da ASBN.

Maria Fernanda informou sobre a suspensão pela Justiça da ordem de volta ao trabalho presencial no dia 06 de junho dos servidores do grupo de risco e a derrubada dessa liminar. Maria Fernanda propôs a redação de um ofício para pedir esclarecimentos à presidência sobre o retorno e se vai continuar valendo a autodeclaração nos casos de comorbidades, além da questão de horário de saída, visto que os arredores da Biblioteca estão cada vez mais desertos.

Luciana informou que, sobre a permanência de pessoas com comorbidade, coordenação de cada setor fará um mapeamento e a autodeclaração continuaria valendo, pois, algumas pessoas optaram por voltar ao trabalho presencial mesmo sendo do grupo de risco, e que sobre a questão do trabalho presencial e híbrido e sobre o ponto eletrônico, precisamos estar unidos para discussão desses temas junto à presidência, pois não temos estrutura para essa implementação; que já está sendo cobrada pela Secretaria Especial de Cultura para que seja implantado assim como na Ancine e outras instituições. Luciana completou dizendo que sobre a segurança, o presidente informou que conseguiu um posto de segurança com um carro de polícia que ficaria no Teatro Municipal para garantir a segurança no entorno.

Ana Rodrigues informou que a ASBN está resolvendo a questão da adesão dos novos associados pois há uma dificuldade no acesso ao Serpro, que é responsável pela consignação. Nos informes gerais, Ana Rodrigues informou que, apesar de tentarmos resolver com a cobrança da contribuição por boleto, o custo com tarifas bancárias estava alto, não compensando continuar com essa
modalidade de cobrança. Encaminhamentos: Voluntariaramse para comissão eleitoral para escolha da nossa representação na Diretoria Colegiada Andreia Barbosa e Ana Rodrigues. Ofício para o DRH cobrando resolução para os descontos de valetransporte já efetuados e medidas a serem tomadas em caso de novos descontos e reembolsos. Ofício para a presidência sobre o retorno presencial dos servidores do grupo de risco, sobre autodeclaração e ainda sobre horário de saída da instituição por questões de segurança. Nada mais a tratar, a assembleia foi encerrada. Rio de Janeiro, 15 de junho de 2022.

Criação e Desenvolvimento :: Guttdesign